segunda-feira, 23 de maio de 2011

A Morte do Cozinheiro - Allan Pitz


Logo quando recebi esse livro, já tomei um susto!! Eu pensava que seria um pouco maior assemelhando-se a uma edição de bolso. E essas imprevisões não pararam por ai não: o início do livro já nos trás a polêmica principal:

“É verdade, eu matei o cozinheiro. Em momento algum deste livro negarei que matei o sórdido cozinheiro com as minhas próprias mãos de escrever versos. Havia motivo claro em saciar-se com sua morte, morte de quem por carne e gozo objetou-se ao incomensurável amor que me tornava tão puro. Eu estripei-o com suas facas imundas de trabalho banal, e escalpelei por mimo infantil, de criança brincalhona, ao ver os índios e escalpes na TV. Matei o demônio com noventa facadas, cultivando um novo demônio sanguinário em mim, portanto não negarei ter feito a coisa mais maravilhosa que eu poderia fazer por minha inconseqüência gloriosa naquele momento: Eu mate o cozinheiro.”

Fiquei paralisado quando li esse trecho, minutos e minutos pensando. Minha expectativa aumentou mais ainda pelo que vinha na frente. Observe esse trecho:

“Havia motivo claro em saciar-se com sua morte, morte de quem por carne e gozo objetou-se ao incomensurável amor que me tornava tão puro.”

Perguntava-me porque que esse sujeito guardava tanto rancor do cozinheiro. O “amor que o tornava tão puro” refere-se à Carmen, a amada e idolatrada Carmen que, segundo ele, era a razão do seu viver. Melancolia e fruição tomavam conta de Luiz Aurélio, o narrador obcecado, ao descrever Carmen:

“Ah como eu a amava! Cada gota de sol que banhava seus doces olhos enormes em dias iluminados, cada vez que a boca sorria mesmo quando insatisfeita em meu habitat [...] Esta era a minha Carmem, a criatura mais bela que a minha mente artesã concebeu; o maior sentimento que poderia brotar em meu peito amassado; [...]”

Até que os dois ficam juntos, mas por causa disso, surge outro conflito: a mãe de Carmem decide que o namoro estava fora dos padrões de sua filha de dezoito anos e que ela jamais deveria voltar a vê-lo.
Passam-se quatro anos, e Luiz vê nos livros os seus melhores amigos como forma de tirar Carmem de sua mente, tentativa tal que resultaram em frustrações. 

“A Morte do Cozinheiro” é realmente EXPETACULAR, o autor usa uma linguagem que eu já não via há muito tempo, ele conseguiu me prender de uma forma que os sentimentos do narrador tomassem conta de mim a todo o momento. Ficava obcecado em continuar a sua leitura, parava tudo o que estava fazendo para ler algumas páginas. Estou bastante ansioso para ler outras obras de Allan Pitz.

★★★★

8 comentários:

Mar disse...

Incrível.
Estou doidona para ler esse! Irá chegar pelo selo brasileiro tbn *-*
Enfim dá uma passada la no blog. Seu link ja ta la. Bejinhos doces

Caçadora de Livros disse...

Estou aguardando os livros do selo.
Até agora só recebi um =/

Marta disse...

Parece ser muito bom!
Ainda bem que entrei no BT do selo!!
Muito boa sua resenha, ela me fez ficar mais curiosa ^^

Beijos
Marta
http://aspalavrasfugiram.blogspot.com/

Raphaela - Blog Equalize da Leitura disse...

AAAAAAAAAAAAHHHHHHHH!!!!!!!!!

Saltei a resenha pq op livro está nos Correios me esperando já!! Quando eu ler eu volto aqui e comento!

Beijos :*

Raphaela
Equalize da Leitura
@EqualizeLeitura

Pah disse...

Oi Matheus, acho que agora consegui segui seu blog, antes só estava dando erro! Esse servidor do blogger ainda me deixa doida! ahuahauhauh

Estou louquinha para ler esse livro! Espero que eu o receba logo pelo Book Tour Selo Brasileiro!

Beijokas

Livros & Fuxicos

Rebecca disse...

Adoreeei a resenha, estava supercuriosa pra ler esse livro é uma pena que ele não esteja na minha lista do book tour do selo... mas adorei sua resenha e fiquei ainda mais curiosa pra ler, espero ter a oportunidade em breve.
Beijinhos
Becca
www.temosmuitomaispradizer.com

ALINE T.K.M. disse...

Está aí um livro que eu morro de curiosidade em ler! Já faz um tempo que eu ouvi falar dele pela primeira vez, e sempre que leio alguma resenha ou vejo qualquer comentário, fico mais empolgada. Assim que minha fila de leitura andar um pouquinho certamente irei atrás desse livro!

Bj

escrevendoloucamente.blogspot.com

Jéssica Campos disse...

Nossa to louca pra ler esse livro mas não to no selo brasileiro =/, mas vou comprar ele e ler porque além da capa ser muito legal, todas as resenhas falam muito bem dele.

Bjsss
www.frozenlivros.blogspot.com